Uncategorized

Corretor de Imóveis e a Tecnologia, com Guilherme Carnicelli

By agosto 12, 2015 No Comments
11252859_1102328419782030_7669269898475667449_n

Foto de arquivo pessoal (Facebook)

A tecnologia se tornou o braço direito de todas as profissões. Hoje, não é mais luxo ter um smartphone, um tablet, entre outros aparatos tecnológicos que, além de suprirem a necessidade de um telefone, permitem aos profissionais estarem ligados ao mundo da internet 24 horas por dia. Para os Corretores de Imóveis, isto não é diferente. Pensando nisso, entrevistamos Guilherme Carnicelli, fundador do Café Imobiliário, e exímio usuário deste mundo tecnológico.

Guilherme entrou no mundo Imobiliário através da RE/MAX, uma franquia imobiliária de renome mundial. “A partir da RE/MAX, iniciei o meu contato com o mercado imobiliário e confesso que nunca vi um segmento com tantas oportunidades de melhoria e potencial como esse”, conta ele. Foi o primeiro trabalho de Guilherme com o mercado imobiliário, já que, até 2008, ele trabalhava em uma multinacional americana.

Guilherme atenta para o fato de que a tecnologia tem a proposta de unir as pontas, eliminando o intermediário, e que o Corretor deve estar atento a isso. “Na minha opinião o corretor tem que agregar valor, se fazer relevante por conta do conhecimento e da informação que possui. Ser um especialista é o primeiro passo, trabalhar em um nicho específico e dominar totalmente o assunto será uma obrigação”, enfatiza. “O corretor que estiver atento a esse movimento pode usar a tecnologia para se posicionar melhor no mercado e sair na frente”, completou.

Como forma de ingressar no mundo virtual, Guilherme deu duas dicas de ferramentas que o Corretor pode utilizar praticamente durante o seu dia-a-dia. “A primeira delas é o Pipe Drive, um aplicativo de celular e internet que ajuda o corretor de imóveis a criar um funil de vendas. Em outras palavras, gerenciar a relação com os seus clientes”, explicou. “A segunda ferramenta que eu sugiro é a criação de um blog, de preferência em uma plataforma WordPress, não apenas para divulgar imóveis, mas criar conteúdo relevante para o seu mercado e cliente”, finalizou.

Movimento #MaisCorretor e Aplicativo Café Imobiliário

Guilherme é membro fundador do movimento #MaisCorretor. Segundo ele, o intuito do movimento é valorizar o trabalho dos profissionais da corretagem de imóveis. “O movimento #MaisCorretor é um movimento criado por especialistas, palestrantes e corretores do mercado imobiliário, com o intuito de valorizar o corretor de imóveis. Através de uma hashtag, nós destacamos toda a informação que julgamos importante para o profissional que quer se destacar”, explanou. “Ser #MaisCorretor é ter um compromisso com a qualidade do que se faz”, apontou.

Além de fazer parte do movimento, Guilherme também é dono de um aplicativo destinado ao Corretor de Imóveis. Segundo Guilherme, ele e Gustavo Zanotto, outro especialista do ramo imobiliário, se encontravam semanalmente em algum café de Campinas para falar sobre o mercado imobiliário, clientes e novos projetos. “Esses bate papos informais nos cafés da cidade eram ricos em conteúdo, então um dia comentamos o quão legal seria se os corretores pudessem nos ouvir ali e dar as suas opiniões”, comentou.

Após o surgimento da ideia, os dois decidiram gravar um programa de nome “Café Imobiliário” e postar no Youtube, e a ideia teve sucesso. “Hoje temos uma audiência fiel e que nos acompanha em nosso canal. Com o apoio do IBREP, criamos um aplicativo de celulares para Android e iOS, inauguramos um Workshop para corretores de imóveis em Miami/EUA e o projeto cresceu muito em menos de um ano”, comemorou. “A proposta do Café Imobiliário é compartilhar conteúdo relevante, apontar tendências, levantar discussões e ajudar o corretor de imóveis a melhorar os seus resultados”, encerrou.

Mensagem aos Corretores de Imóveis

“A mensagem que eu gostaria de deixar é que com o atual momento do mercado não existem motivos para esperar, você precisa agir, fazer acontecer. Ser corretor de imóveis não é para qualquer um, é preciso acima de tudo autoconfiança, por isso eu respeito demais esse profissional. Portanto, não busque soluções no que você já fez, o mercado é dinâmico e mudou. Busque soluções em outros setores, veja quais são as receitas do varejo e da indústria para o momento de mercado, adapte ao seu contexto e siga em frente! Muita gente vai dizer que isso não vai dar certo, portanto, esqueça os outros e, parafraseando Peter Drucker, um dos meus ídolos no mundodos negócios, atrás de todo negócio de sucesso, alguém, algum dia, teve que tomar uma atitude de coragem. Que seja você!”

Realização: IBREPTEC, setor de tecnologia educacional do IBREP

Leave a Reply