Uncategorized

Com a palavra, Doutor Barcellos: Uma homenagem do COFECI ao Dia dos Corretores de Imóveis

By agosto 5, 2015 No Comments

mesdocorretor_entrevista

No próximo dia 27 de agosto comemora-se o dia dos Corretores de Imóveis. E, para abrir nossas homenagens a este dia tão especial com chave de ouro, entrevistamos o Doutor Luiz Barcellos. Ele é membro do COFECI – Conselho Federal de Corretores de Imóveis, órgão que regulamenta a profissão no Brasil, do qual o IBREP tem o respaldo de produzir e comercializar seus cursos, que profissionalizam cidadãos dispostos a aumentar ainda mais a categoria de Corretores Brasil afora. Na entrevista, tratamos de temas de interesse dos Corretores, e sobre o contexto atual de uma das profissões que mais cresce no Brasil.

Confira a entrevista na integra:

IBREP: Doutor Barcellos, como surgiu a data em comemoração ao dia do Corretor de Imóveis?

Barcellos: A data de 27 de agosto, em que comemoramos o Dia do Corretor de Imóveis, foi escolhida por ter sido em 27 de agosto de 1962 promulgada a Lei nº 4.116, que regulamentou a profissão de Corretor de Imóveis. Embora essa lei tenha sido revogada, com a promulgação da Lei nº 6.530/78, que a substituiu, a data de 27 de agosto manteve-se como o Dia do Corretor de Imóveis, festejado em todo o Brasil.

IBREP: Como uma boa educação imobiliária pode ser um diferencial para o Corretor nos dias de hoje, Doutor?

Barcellos: O mercado imobiliário brasileiro tem crescido muito e está cada vez mais competitivo. Num mercado competitivo, de livre concorrência, os melhores saem à frente. E para estar à frente, ser um dos melhores, o caminho passa pela qualificação profissional. A cada dia que passa, mais corretores buscam ampliar seus conhecimentos, através de cursos livres e de especialização, participando de simpósios e palestras e é crescente o número de profissionais que procuram os cursos técnicos ou tecnólogos na área imobiliária.

IBREP: Por que, mesmo com o contexto atual do Brasil, a profissão de Corretor de Imóveis se mantém como uma das mais promissoras no mercado de trabalho?

Barcellos: Mesmo nos momentos mais críticos da nossa economia, o mercado imobiliário continuou em atividade. Nessas ocasiões, ajustam-se os preços às condições de oferta e demanda. E é nesses momentos, de concorrência mais acirrada, que tem mais peso a qualificação profissional do corretor de imóveis: os mais preparados têm melhores chances de fecharem negócios.

IBREP: Como a revolução digital pode ser algo que alavanca um progresso na carreira dos Corretores?

Barcellos: Com a globalização dos mercados, os negócios imobiliários também acontecem no ambiente transnacional. Mesmo dentro do nosso país, que tem dimensões continentais, seria impossível imaginarmos o corretor de imóveis participando de negócios diretamente ou em parcerias com outros profissionais distantes se não houvesse as facilidades trazidas pela comunicação via web. Tanto a divulgação de ofertas quanto a realização de operações de compra e venda tiveram seu alcance ampliado com a utilização dos meios digitais e eletrônicos.

IBREP: Deixe suas felicitações aos Corretores.

Barcellos: Nossa profissão, com corretores cada vez mais qualificados, tem tido o reconhecimento da sociedade brasileira. Neste ano, em que comemoramos 53 anos de regulamentação profissional, transmito a todos os colegas corretores de imóveis, em nome do COFECI, os cumprimentos pela escolha da profissão, com os votos de que tenham muito sucesso em seu exercício.

Realização: IBREPTEC – Setor de Tecnologia Educacional do IBREP 

Leave a Reply