5 dicas para ser um corretor de imóveis bem-sucedido

IBREPTEC 6 de dezembro de 2017

Saiba como se prepara para aproveitar o reaquecimento do mercado imobiliário e se tornar um corretor de imóveis bem-sucedido

O mercado imobiliário brasileiro passou mais de uma década em crescimento acelerado. O que muitos especialistas e corretores de imóveis não esperavam era que após o longo período de ascensão do mercado, o país entrasse em uma das piores crises político-econômica já registradas no Brasil. De uma hora para outra, o corretor de imóveis bem-sucedido, que acreditava que não precisava se esforçar para vender, teve que rever seus processos de vendas e buscar oportunidades para conseguir se manter no mercado.

Atualmente, o noticiário apresenta uma nova realidade sobre o setor imobiliário. Análises recentes mostram que o segmento deve voltar a crescer em passos lentos neste 2º semestre e ao longo de 2018. Este é o momento ideal para que o profissional que queira retomar o ritmo acelerado de vendas se prepare para o reaquecimento do mercado. Por exemplo, com os cursos de Técnico de Transações Imobiliárias (TTI) do Ibrep. Conheça e tenha a chance de se tornar um corretor de imóveis bem-sucedido.

Para ter sucesso em uma negociação, o profissional precisa acompanhar as mudanças do mercado imobiliário e do perfil dos clientes. Além disso, os corretores de imóveis de sucesso devem estar sempre em busca de informações e tendências sobre a área para atender os clientes com excelência.

Os bons resultados só aparecem se o profissional mantém, ao longo de sua carreira, relacionamentos transparentes com os clientes, pois isso transmite credibilidade e confiança. Diversos fatores podem contribuir para o sucesso na corretagem. Desde a escolha dos parceiros até o aprimoramento do comportamento de venda. Neste artigo, vamos dar cinco dicas para ser um corretor de imóveis bem-sucedido nesta nova fase da economia.

Esteja em constante capacitação

Se você já trabalha como corretor de imóveis, deve saber que é obrigatório obter o CRECI para atuar neste setor. Além disso, os profissionais que possuem experiência na área também se saem melhor do que os recém-chegados. Mas, o grande diferencial está na busca pelo conhecimento. Cursos, treinamentos, leitura de artigos, presença em eventos do mercado de imóveis, debates e discussões on-line são ótimas opções para quem quer ser um corretor de imóveis bem-sucedido.

O Ibrep oferece diversos cursos para corretores de imóveis. Entre eles, os cursos de Avaliação de Imóveis, Técnicas de Vendas e Como Fazer Negócios Imobiliários na Flórida. Vale a pena conhecer melhor a necessidade do seu público e se especializar.

Tenha bons parceiros

Em um mercado cada vez mais competitivo, desenvolver parcerias estratégicas pode fazer toda a diferença para o corretor de imóveis bem-sucedido. Muitos profissionais ficam preocupados em dividir suas comissões com outros colegas de profissão e acabam se fechando em seus próprios casulos. Assim, perdem grandes oportunidades de negócios.

Isso não quer dizer que o corretor deve se aliar a qualquer profissional em busca de novos clientes e negócios. Ele deve estar aberto as possibilidades e atento ao mercado. Boas parcerias podem render frutos por muito anos, além de contribuir para a divulgação de um bom trabalho.

Seja mais do que um corretor, seja um consultor

O consultor imobiliário precisa estar além das relações de compra, venda e locação de imóveis. Ele deve se manter atualizado sobre a região ou cidade em que atua, para oferecer aos clientes o imóvel ideal. A ideia aqui é que o profissional recomende imóveis que atendem as expectativas do cliente através de um processo de comercialização no qual é identificado o perfil do consumidor. Por exemplo, o consumidor que busca imóveis como forma de investimento muitas vezes não está interessado nas especificações e diferenciais, mas deseja saber se aquela região irá ou não se valorizar ao longo do tempo.

Por outro lado, alguns clientes podem estar realizando o sonho da casa própria, e o corretor de imóveis bem-sucedido será aquele que conseguir visualizar isso e vender este sonho. Além disso, o consultor precisa estar disponível para auxiliar o cliente durante todo o processo de compra. Que se dá desde a escolha do imóvel até a busca de crédito juntos as instituições bancárias e a confecção de documentos. O curso de Documentação Imobiliária, do Ibrep, é uma excelente opção para os profissionais que sentem dificuldade para exercer essa competência.  Ele tem como objetivo atualizar, informar e orientar o profissional na realização de negócios mais seguros.

Esteja sempre apresentável

Sim, o corretor de imóveis bem-sucedido cuida da sua aparência. Muitos profissionais acreditam que fazendo um trabalho de qualidade podem abrir mão de certas “exigências”, entretanto, acabam se enganando. A aparência do corretor diz muito sobre a essência do trabalho desenvolvido por ele. Portanto, os profissionais que se preocupam em estar sempre apresentáveis transpassam mais credibilidade e segurança do que aqueles que deixam o “look” em segundo plano.

Vista peças de roupas de boa qualidade, com cores sóbrias e modernas. Cuide da higiene pessoal (cabelo cortado, barba feita, unhas aparadas e pintadas – no caso das mulheres). Isso pode parecer besteira, mas não é, acredite!

Neste ponto também vale prestar atenção ao próprio vocabulário, ao tom da conversa com o cliente. Saiba quando usar o humor e quando evitar – e nunca abra mão de um aperto de mãos firme.

Seja transparente

O corretor de imóveis bem-sucedido tem uma carreira longa e não há outro meio de fazer isso senão sendo transparente. Não adianta prometer aquilo que você não conseguirá cumprir e dar garantias irreais. Muitas vezes, para ter sucesso você precisará dizer ao seu cliente que um imóvel não atende todas as expectativas dele ou que será impossível realizar uma compra/venda pelo valor esperado. Mas serão essas orientações transparentes que garantirão a credibilidade tão esperada.

Agora que você já sabe como ser um correto de imóveis bem-sucedido é hora de colocar em prática algumas dessas dicas. Quem tal começar pelo investimento em capacitação especializada? Fale com o Ibrep.